Como a fototerapia funciona

Saiba mais sobre os diferentes tipos de fototerapia

A Luz pode ser dividida em comprimento de onda. Luz ultravioleta (Luz-UV) tem um comprimento de onda tão baixo, que não é visível ao olho humano. Pode ser subdividido em categorias dependendo de seu comprimento. Para tratar Psoríase se utiliza a luz UVA ou UVB.

Terapia com luz UVB

Luz ultravioleta B (UVB) é uma onda estreita de luz-UV. Ela pode penetrar diretamente na pele, e reduzir o crescimento das células. Ela auxilia a diminuir a velocidade de crescimento das células da pele em pessoas com Psoríase.

Terapia com luz UVA e PUVA

Luz ultravioleta A (UVA) é uma onda mais longa de luz do que a UVB. Ela pode penetrar mais fundo na pele, mas isso pode demorar mais do que a UVB. Ao invés de 30-60 segundos de exposição para a UVB, você vai precisar de aproximadamente 20 minutos para a luz UVA ter a o mesmo efeito. Esse é o motivo da luz UVA ser utilizada normalmente com um medicamento sensibilizador de luz chamado Psolaren. Juntos este tratamento é chamado de PUVA (Psolaren + UVA), e assim se reduz a exposição à luz em alguns minutos.

Ambos UVB ou PUVA são normalmente administrados na clínica dermatológica ou hospital e você precisará fazer um tratamento regular e por um longo período de tempo.

Terapia climática

Você pode também utilizar luz natural como tratamento para a Psoríase. Esse é comumente chamado de terapia climática, que normalmente significa ficar exposta a luz solar sob supervisão médica. Terapia climática pode combinar luz natural do Sol com banhos de água mineral e hidratação regular da pele para evitar ressecamento.

Todas terapias por luz têm potenciais efeitos colaterais similares. A luz pode causar vermelhidão, coceira e queimação. Você deve tomar muito cuidado com exposição à luz solar, exceto sob supervisão ou indicação médica. Exposição prolongada à luz solar, UVA e UVB pode aumentar o risco de câncer de pele. PUVA pode também causar náuseas.

Quer saber mais?