Mostrar sua pele? Não pense duas vezes

Como se sentir menos constrangido e viver a vida plenamente

Uma das questões mais difíceis de enfrentar em relação à psoríase é aceitar o aspecto de sua pele.1 Isso pode afetar a forma como você se vê e como as outras pessoas olham para você. Embora seja normal sentir-se constrangido, a boa notícia é que há estratégias que podem ajudá-lo a se sentir mais tranquilo e, consequentemente, a fazer todas as coisas que desejar.

Concentre-se nos pontos positivos

Provavelmente, você fica mais preocupado com a aparência da sua pele quando não está se sentindo bem consigo mesmo em outros aspectos.2

Provavelmente, você fica mais preocupado com a aparência de sua pele quando não está se sentindo bem consigo mesmo em outros aspectos.


Fortalecer a autoestima pode ajudá-lo consideravelmente. Se quiser se sentir bem consigo mesmo, aqui vão sete dicas para melhorar sua autoconfiança:
  • Faça uma lista de todas as suas características positivas.Faça uma relação de tudo o que gosta em você – se é carinhoso, se é um bom ouvinte, se é criativo, se é imaginativo – e, sempre que se sentir triste, consulte sua lista.
  • Cuide do seu físico. Mantenha uma alimentação saudável, descanse o suficiente e exercite-se regularmente.
  • Programe-se para fazer as atividades que você gosta. Dedique um tempo na semana a você mesmo. Leia um bom livro, veja um bom filme ou simplesmente separe um tempo para os amigos e a família. Ao reservar um tempo para atividades agradáveis, é menos provável que se preocupe com a sua aparência, já que seu humor melhorará naturalmente.
  • Diga sim aos eventos sociais. Não faz sentido ficar sentado em casa sozinho apenas porque está incomodado com a aparência de sua pele. Quanto mais se isolar, maior a probabilidade de se sentir mal por não levar uma vida normal, além de privar-se de receber apoio e de se divertir.
  • Concentre-se em seus pontos positivos. Cada vez que você pensar em alguma parte de seu corpo com a qual se sente infeliz, desafie esses pensamentos negativos recordando pequenas melhoras e, também, relembrando de coisas com as quais se sente bem – seus olhos, cabelos, pernas, voz e assim por diante.
  • Passe mais tempo com as pessoas que importam para você– Pessoas que o valorizem e fazem você sentir-se bem.
  • Comece novas atividades. Tente algumas receitas novas, participe de um clube do livro ou filme ou, ainda, cultive um novo hobby que o tornará mais envolvido com outras pessoas e o ajudará a batalhar em direção a uma nova meta.
  • Acompanhe seu progresso

    É mais fácil dar importância aos pontos negativos e deixar de acompanhar o quanto já melhorou. Por isso, você deve considerar útil manter um “diário de sintomas” e tirar algumas fotografias também. Você pode até atribuir aos seus sintomas (físicos e emocionais) uma pontuação de 1 a 10 – (de difícil percepção a muito ruins). Com o tempo e o tratamento correto, poderá perceber as melhoras. Consulte seu diário de sintomas e as fotografias na próxima vez em que se sentir triste e perceba todo o progresso que já teve. Se você não apresentou qualquer melhora ao longo do tempo, você deve consultar seu médico para investigar novas estratégias e seguir em frente.

    [Referências]
    1. National Psoriasis Organization. [online]. Northampton, England; 2015.. Disponível em: https://www.psoriasis-association.org.uk/silo/files/SPLD-Report-_FINAL-1.pdf. Acessado em: 02 / 08 / 2015.
    2. National Psoriasis Organization. [online]. Northampton, England; 2015. ‘Report on the Psycho-Social Impacts of Psoriasis. Disponível em: https://www.psoriasis-association.org.uk/silo/files/SPLD-Report-_FINAL-1.pdf. Acessado em: 02 / 08 / 2015

Quer saber mais?