A Psoríase é como você a experimenta

Obtendo o tratamento certo para você

Quando o seu médico inicialmente diagnostica psoríase, pode ser muito para assimilar. Pode ser que você esteja aliviado em saber que algo pode ser feito, ou você pode estar em choque, com medo, incerto e mesmo com raiva.1

Certamente você esteja com a mente cheia. Para começar, existem vários tipos de psoríase, todos afetando diferentes partes do corpo de diferentes maneiras. Outra grande questão é até que ponto a condição irá afetá-lo, e isso é mais ou menos impossível de responder. Sua experiência de psoríase pode ser apenas os sintomas mais leves como as manchas ocasionais e coceira, ou sintomas físicos mais graves. Onde quer que você esteja neste espectro, o importante é tomar o controle e ser positivo.

O que é psoríase?

A psoríase é uma condição médica que geralmente envolve as células da pele que crescem muito rapidamente. Sinais defeituosos originados no sistema imunológico causam a formação de novas células da pele em dias e não em semanas.2

Não foi feita a tradução do restante do parágrafo:
É importante ressaltar que o crescimento celular acelerado não tem nada a ver com câncer.

Até 30% das pessoas que apresentam psoríase também pode sofrer de artrite psoriásica nas articulações .Se você acredita que possa estar afetado, converse com seu médico e explique o porquê.

O que causa a psoríase?

A causa exata da psoríase ainda é desconhecida. É uma condição complexa com várias causas em potencial, que podem ser genéticas, imunológicas, ambientais e psicológicas. Esses fatores alteram a maneira como as células da pele funcionam, acelerando o ritmo com que elas são produzidas e renovadas

O importante é saber que a psoríase não é contagiosa. Ninguém a transmitiu, e você não pode transmiti-la pelo toque, nadando na mesma piscina, ou até mesmo pelo contato íntimo.

É raro?

Qualquer um pode desenvolver psoríase. É igualmente comum em homens e mulheres e afeta aproximadamente de 2 a 3% da população mundial. A psoríase pode começar em qualquer idade, mas a maioria das pessoas desenvolve psoríase entre 20-35 anos de idade. 75% dos casos de psoríase ocorrem antes dos 40 anos. No entanto, é possível desenvolver a doença, tanto na infância como na velhice.5

Controle ativo

Se você tem psoríase, você não precisa apenas viver com ela. Você precisa de informações para que possa lidar com a sua condição da melhor maneira possível. Uma maneira de começar é aprender o que é a doença, quem ela afeta, e o que a provoca. A psoríase é uma condição para toda a vida, e quanto mais cedo você se armar com informações essenciais sobre ela, mais rápido você pode obter o controle e minimizar o seu impacto sobre a sua vida.

Verifique com seu médico qual tratamento é mais indicado a você.

Lidando com a psoríase

Todo mundo lida com a psoríase de forma diferente, e a escolha da terapia deve ser baseada em conversas entre você e seu médico.Um tratamento que funciona bem para uma pessoa pode não funcionar para outra. E, em alguns casos, um tratamento que já funcionou bem para alguém pode não ser a escolha certa para ele no futuro.Então trabalhe com seu médico para encontrar o tratamento adequado para você.

[Referências]
  1. National Psoriasis Foundation. [online]. Oregon, EUA; 2015. Disponível em: https://www.psoriasis.org/life-with-psoriasis. Acessado em: 25/07/2015.
  2. American Academy of Dermatology. [online] Illinois, EUA; 2015. Disponível em: https://www.aad.org/dermatology-a-to-z/diseases-and-treatments/m---p/psoriasis. Acessado em: 25/07/2015.
  3. Menter A, Smith C, Barker J. Fast Facts: Psoriasis. 3rd ed. Oxford: Health Press; 2008. P. 14
  4. National Psoriasis Foundation. [online]. Oregon, EUA; 2015. Disponível em: https://www.psoriasis.org/psoriatic-arthritis. Acessado em: 25/07/2015.
  5. Menter A, Smith C, Barker J. Fast Facts: Psoriasis. 3rd ed. Oxford: Health Press; 2008.P.7q

Quer saber mais?